[RESENHA] LA LA LAND

Autora: Bruna Fontes
Nº de Páginas: 384
Editora: Publiki

Classificação: duas estrelas (mais como esse)
Ah, o show business. Tentador e vermelho tal qual a maçã no jardim do Éden. Proibido? De certa forma. Totalmente cruel. Desleal. Arrasador. Ele te seduz e te atrai de um jeito enigmático. Leva-te até o seu limite, transforma sua mente em um mero fantoche. Ele te comanda; Ele te detona. Muda os seus princípios e acaba com seus sonhos. Quando o mundo inteiro tem algo a dizer sobre cada um dos seus passos e a vida pública é o seu alimento, o que se espera é a perfeição. Somos todos humanos errantes, mas os heróis das revistas, esses não. Existe um lado de Hollywood que nós não conhecemos. Apenas quem está lá dentro consegue enxergar. Quer entrar? Roxanne Winchester disse sim. E agora deixou de lado sua vida ordinária em Nova York para ser a maior promessa da música da sua geração. Los Angeles. É lá onde os sonhos são feitos. E também onde muitos deles são destruídos. Mas o que poderia dar errado para a nova queridinha do grupo mais influente de Hollywood? Estrelar uma série de TV, gravar suas canções. Mobilizar milhões de dólares e corações adolescentes. Roxy tinha tudo para ser a Estrela do momento, e foi. A sua jornada, porém, não é tão simples quanto parece. Entre erros e acertos, amores avassaladores, a glória de realizar seus sonhos e viver em um mundo de glamour, Roxy experimenta os sabores e dissabores de ser alguém. As complicações da adolescência, os hormônios à flor da pele e a busca pela identidade também se aplicam aos famosos, por incrível que pareça, e ela mostra que nos bastidores desse show somos sim todos iguais. LA LA LAND é uma trama com muito romance, bom humor e conflitos por tdos os lados. O certo e o errado nunca estiveram tão próximos e as tentações estão por toda parte em Hollywood... Mas quem é que não gostaria de dar uma mordida nessa maçã?
Bem, o que devo dizer sobre esse livro? Ele é bom (?)
Bom, pra quem não sabe, esse livro é uma fanfic (ou webnovel, chame como quiser) que nasceu na época do Orkut, ganhou fãs e ganhou o concurso “Publiki Meu Livro” de 2013 da editora Publiki (nossa parceirinha amada). 
Pois bem, vamos à explicação daquela interrogação ali em cima: eu não sou muito fã de fanfics originais. Mas por que eu não sou fã? Digamos que eu gosto de personagens BEM construídos, independente do meio que eles me sejam apresentados (livros, webnovel, fanfics...) então quando uma fanfic é escrita do nada (ou seja, sem personagens previamente construídos), sejam eles de série, livros ou animes, eu não me agrado muito. 
Então estou dizendo que os personagens do livro são ruins? Não. Não vamos confundir as coisas. Os personagens são, sim, bem construídos. Apenas acho que a autora pecou em algumas coisas. 
Vamos ao que interessa (a estória). Eu achei legal [não é bem o tipo de livro que eu leio (na verdade, foi uma experiência nova pra mim)], mas se você curte esse tipo de gênero, leia, porque possivelmente você irá gostar. 
Só que eu vou ter que fazer uma reclamação sobre minha querida amiga Bruna Fontes (que é lovatic heheh): porque a Roxy tem que pegar 3 meninos ao mesmo tempo? Sério, eu achei – como falaria um passarinho verde- desnecessário
Ok, na verdade foram só dois que ela realmente beijou e teve alguns momentos de NC+16 (nada forte demais, é claro. Só um calorzinho), mas, se formos olhar pro o outro lado, o Ethan meio que tinha um relacionamento com a Roxy, mas a Roxy não tinha um relacionamento com ele. O que eu fiquei com raiva, já que fora o Justin, Ethan era um dos que eu mais gostava no livro. 
Outra coisa que eu não gostei foi com os momentos bipolares da Roxy. Tipo: “Eu não sou mais aquela garota de Nova York”e “Eu ainda sou a mesma” eu fiquei meio “WTF??” nesses momentos, mas vai ver isso era apenas a fama subindo a cabeça. 
Agora, o que me agradou muito foi a confusão do pai do Corbin! Meus queridos, pra mim, essa foi melhor história do livro. Se o livro todo tivesse sido só a história do Corbin, eu teria amado. 
Essa foi minha primeira lição: de que sonhos nem sempre se realizam e que a vida é muito mais injusta do que nós gostamos de admitir. Mundo selvagem, esse nosso.
página 17 
Mas, agora vamos ao porquê dessa nota:eu achei que o livro era totalmente diferente. Que contava passo a passo a carreira da Roxy (ascensão, top, queda...), e era, até eles irem pro acampamento e então a história desandou e ficou só no núcleo romântico um bom tempo até a chegada do Corbin. (E então, voltou para o núcleo romântico).
Então, é isso. La La Land fica com 2 estrelas :/ mas leiam, por que talvez vocês gostem (esse tipo de livro varia de pessoa pra pessoa) e vocês sabem que eu sou sincera e até a próxima. 

Ps: Só eu que gostava do Peter mesmo depois de tudo que ele fez? Não consigo não amar os vilões!
Escrito por Bárbara Lacerda

16 comentários:

  1. Eu adorei o livro, mas gosto é bem particular mesmo.
    A 3L não é fanfic. A inspiração veio por causa da música, mas tem nada a ver com a Demi e etc. Poxa, que pena que não gostou muito, mas esse livro é mais uma introdução, a queda da Roxy vem mais pra frente. E poxa, você não odiou o Peter mesmo depois de tudo que ele fez, mas não gostou da Roxy ficar com dois meninos? Enfim, fico feliz que tenha lido.

    ResponderExcluir
  2. Acabei de ler a resenha porque fui uma leitora de La La Land nos tempos de Orkut. É completamente compreensível o que você não gosta, porém, a resenha ficou muito confusa. Eu entendo os pontos que foram negativos pra você, mas como um todo, a resenha deu um nó na minha cabeça.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu li essa história e me apaixonei, me apaixonei pelo Luke ♥

    ResponderExcluir
  4. "Poxa, você não odiou o Peter mesmo depois de tudo que ele fez, mas não gostou da Roxy ficar com dois meninos? Enfim, fico feliz que tenha lido." ² Bom, eu amei o livro, mas como a tamis disse gosto é bem particular. Gostei das reviravoltas e acho que a Roxy é quase uma cópia minha quando se trata de bipolaridade, por isso achei incrível conseguir parecer com alguma personagem haahhaha Mas enfim, que bom que você tenha lido. Espero que na segunda leitura você consiga apreciar o livro de outro jeito.
    ps: 3l n é fanfic. (:

    ResponderExcluir
  5. Como você disse, varia de pessoa pra pessoa mesmo, claro. Mas 3L não é fanfic, é um livro totalmente independente. A Roxy não teve relacionamento amoroso algum com Ethan, até porquê, além do primeiro dia que ele chamou ela pra um encontro não teve nada além de amizade entre os dois (por um tempo, eu quis que ele tivessem algo sério mas depois mudei de idéia haha). Quanto aos 'momentos bipolares', creio que a Bruna só quis dizer que ela amadureceu desde que saiu de NY, mas que continua com a mesma essencia Roxy de ser haha Maaas, que bom que você leu *-*

    ResponderExcluir
  6. Eu amo 3L, posso até ser meio suspeita pra falar e tudo mais, mas enfim. La La Land nunca foi fanfic, a inspiração só veio mesmo do nome da música da Demi, nada mais. Infelizmente é realmente impossível agradar a todo mundo, mas assim, ao meu ver, acho sim que 3L tem personagens bem construídos, até mesmo a Roxy com todos os seus momentos de bipolaridade, até porque ela é uma jovem como outra qualquer, mas que teve um giro de 180 graus em sua vida de um segundo pro outro, o que eu acho super normal essa confusão, que aliás, só é explicado/complementado ao restante da história com as outras duas sequências, porque é uma trilogia. Mas enfim, fico feliz que pelo menos tenha lido e tenha dado a sua opinião, sinceridade é o que vale :')

    xx, www.ladodecoragem.tk

    ResponderExcluir
  7. tipo, é óbvio que a roxy ia ficar confusa em vários momentos, é uma transformação que tá acontecendo na vida dela. ela tem 16 anos, hello! é muito difícil que com 16 anos a sua vida o seu jeito e o seu caráter já estavam totalmente definidos, principalmente pra ela, que passou por uma transformação tão grande na vida assim de uma hora pra outra. lidar com mudanças nunca é fácil, ainda mais quando vc inclui fama, dinheiro e rapazes bonitos nisso.. mas enfim, cada um com a sua opinião. eu amei o livro desde a primeira vez que li.

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    A primeira vez que venho no Blog! Eu geralmente gosto de fanfics então talvez essa obra me agrade mais do que agradou vc! Gostei muito da resenha e do seu modo de argumentar!
    Beijos
    Ps:Nova Postagem: Novidades Literárias Overdose literária! Sinopse do Segundo livro da Série A escalada de Eva da Autora Elaine Elesbão - Livro 2 - A Face Revelada!
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/02/novidades-literarias-overdose-literaria.html

    ResponderExcluir
  9. Uau, quantos comentários negativos ahaha acho que vc pegou no calo dos fãs da fanfic Bárbara!
    Eu não achei a resenha confusa e esse com certeza seria um livro que eu não leria, não por ter o passado da fanfic e etc (já li muuuuuuuuuita fanfic na vida), mas pq eu não suporto a Demi Lovato, e só pelo nome eu já fiquei meio com o pé atrás, depois da sua resenha só confirmei isso.

    Mas é isso aí, tem que ser sincera na hora de resenhar um livro e gostei muito da sua opinião!

    (medo do ataque das fãs depois desse comentário)

    Beijos
    Débora - Clube das 6
    http://www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk até eu que tinha me mantido caladinho ali fquei com medo Débora! :D

      Otávio Braga

      Excluir
  10. Personagem que fica com mais de um ao mesmo tempo me lembra HoN kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Eu até que fiquei interessada nesse livro, deu vontade de ler xD apesar de você não tem gostado taaaaaaanto assim..

    Beijo :*
    www.tainahrodrigues.com
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. vc devia procurar saber melhor antes de falar as coisas pq 3L nunca foi fic :s msm se fosse vc tem algum preconceito com fic? tem tanta fic boa e melhor que mt livro. Eu só li o livro dps q saiu em livro e me apaixonei tanto pela roxy e pelo romance e a coisa da fama. Acho que vc não entendeu o livro pq o livro é sobre a mudança da personagem como vc queria q ela pensasse igual do inicio ao fim? rs torço pelo ethan tbm pq ele me conquistou mas de novo onde vc viu relacionamento deles dois? ele tava afim dela e só (espero q nos próximos ela corresponda). Enfim eu amei e só fiquei com uma duvida: esse n é o tipo de livro q vc gosta pq n deram p outra pessoa do blog ler? bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, prezado senhor Anônimo :D .
      Como Bárbara não está aqui eu vim responder por ela suas dúvidas e reclamações.
      1º. Nós consideramos La La Land uma fic porque conhecemos uma coisinha chamada SongFic que é quando uma fic é baseada em uma música (La La Land se encaixai aí, né?), mas não vou falar nada já que tanta gente já nos desmentiu. Então, assunto encerrado.
      2º. Não, não temos preconceito nenhum com fics (aliás, a própria Bárbara ecreve fics. Ela nunca ser contra fics. Ela se mostrou contra fics ORIGINAIS.), porque tem pessoas no blog que gostam muito de fics e afins...
      3º. O "caso" do relacionamento do Ethan e Roxy ela já explicou ali. E claro que é um relacionamento, embora platônico.
      4º (e último). Achei bem irônico você só ter um dúvida e seu comentário ser recheados de interrogações hahaha Bem, Bárbara ficou com livro porque quem melhor do que uma Lovatic para ler um livro "baseado" em um música da Demi Lovato? Não vejo outra saída.
      Tchauzinho~

      Otávio Braga

      Excluir
  12. Eu ainda não li o livro, mas sua resenha me aguçou a curiosidade para tirá-lo da estante e ler. O título dele me chamou atenção e mesmo sem conhecer muito da autora na época algo me dizia que tinha relação com a música da Demi (também sou lovatic). Eu não sei se concordarei com tudo que disse aqui, mas também tenho uma queda por vilões e talvez venha gostar do Peter também. Adorei a resenha!

    http://recantodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir